04
Mar 09


 

  
 
 
O projecto Iberlinx foi aprovado pelo Programa Transfronteiriça Espanha-Portugal.
Um projecto luso-espanhol vai criar condições de habitat do lince ibérico em zonas do Alentejo e Algarve para reintroduzir exemplares criados em cativeiro daquele felino europeu, ameaçado de extinção, e preservar a sua presença em Portugal.
Até Dezembro de 2010, “vamos reabilitar habitats nas zonas de Moura e Barrancos [Alentejo] e da Serra de Monchique [Algarve]”, que “são territórios de habitat potencial do lince ibérico”, explicou hoje à agência Lusa Bárbara Pinto, da Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas de Alqueva (EDIA), que lidera o projecto Iberlinx.
O objectivo, continuou, é “criar condições de habitat para reintroduzir”, a partir de 2011, exemplares do emblemático felino que virão de centros espanhóis e do futuro e único centro português de reprodução em cativeiro do lince ibérico, em construção na Herdade das Santinhas, no concelho algarvio de Silves.
O Centro Nacional de Reprodução em Cativeiro do Lince Ibérico, um projecto da empresa Águas do Algarve, é uma das medidas de minimização e de compensação ambiental pela construção da Barragem de Odelouca.
A área de intervenção do Iberlinx abrange o Parque de Natureza de Noudar, da EDIA e situado no concelho de Barrancos, e territórios adjacentes, geridos pelo município espanhol de Valência del Mombuey.
A Herdade das Santinhas, propriedade da Águas do Algarve, e territórios de parceiros, como privados, associações de produtores florestais e municípios, são as outras áreas abrangidas pelo projecto luso-espanhol.
Neste território, num total de 6.000 hectares, o projecto vai introduzir coelhos, sobretudo coelho-bravo, a principal presa do lince ibérico, criar zonas de refúgio e pontos de água, entre outras medidas necessárias para criar condições de habitat do felino.
O projecto prevê ainda criar uma unidade de gestão dos territórios, envolvendo os principais parceiros, um sistema de informação geográfica e um portal na Internet.
Além da EDIA, o Iberlinx - Acção Territorial Transfronteiriça de Conservação do Lince Ibérico envolve a Águas do Algarve, a Junta da Andaluzia e o município espanhol de Valência del Mombuey.
O projecto, com um orçamento superior a 1,2 milhões de euros, é financiado em 75 por cento por fundos comunitários, através do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha Portugal (POCTEP), sendo a verba restante assegurada pelos parceiros.

publicado por Teddy69 às 16:49

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
Visitantes
Site Counter
Bpath Contador
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO